Então, acha que está pronto para negociar? Certifique-se de que lê esta secção para aprender como pode configurar uma conta para o mercado cambial (forex) para começar a negociar moedas. Também vamos mencionar outros fatores que deve conhecer antes de avançar – e por fim discutimos como negociar no mercado cambial e quais os diferentes tipos de ordens que podem ser colocadas.

Abrir uma conta de corretagem no mercado cambial

Negociar no mercado cambial é semelhante a negociar no mercado de ações pois os indivíduos interessados em negociar precisam de abrir uma conta de negociação. Tal como no mercado de ações, cada conta do mercado cambial e o serviço que a mesma fornece pode diferir logo é importante encontrar a conta certa. Seguem-se os fatores que devem ser considerados ao selecionar uma conta para negociar no mercado cambial.

Alavancagem

A alavancagem é basicamente a capacidade para controlar grandes quantias de capital, utilizando muito pouco do seu próprio capital. Quanto mais elevada a alavancagem, mais elevado o nível de risco. A quantia de alavancagem numa conta difere consoante a conta em si mas a maioria utiliza um fator de pelo menos 50:1 com outras com um fator tão elevado como 250:1.

Um fator de alavancagem de 50:1 significa que por cada dólar que tem na sua conta controla até 50 dólares. Se um trader tiver na sua conta 1.000 dólares, por exemplo, a empresa de corretagem irá emprestar a esse trader 50.000 dólares para negociar no mercado. Esta alavancagem também cria a sua margem, ou a quantia que deve ter na conta para negociar uma certa quantia. Com títulos, a margem é geralmente de pelo menos 50% enquanto a alavancagem de 50:1 é equivalente a 2%.

A alavancagem é vista como um dos principais benefícios da negociação no mercado cambial na medida em que permite que alcance grandes ganhos com um pequeno investimento. No entanto, a alavancagem também pode ser extremamente negativa se a negociação se mover contra si na medida em que as suas perdas também são amplificadas (pela alavancagem).

Com este tipo de alavancagem, existe a possibilidade real de poder perder mais do que investiu – embora a maioria das empresa tenha protective stops que evitam que uma conta chegue a negativo. Por esta razão, é vital que se lembre disto, dos riscos envolvidos, quando abrir uma conta e quando determinar a sua alavancagem.

Comissões e taxas

Outro grande benefício das contas para negociação no mercado cambial é que a negociação através das mesmas assenta numa base livre de comissões – diferente das contas do mercado de ações em que paga ao corretor uma taxa por cada negociação. A razão para tal é que se encontra a lidar diretamente com os operadores de mercado e não tem de passar por terceiros como corretores.

Pode soar bom demais para ser verdade mas a realidade é que os operadores de mercado lucram de cada vez que negoceia. De cada vez que uma negociação é realizada, são os operadores de mercado que ficam com a diferença entre o preço de compra e o preço de venda. Assim, se a compra/venda para uma moeda estrangeira for 1,5200/50, os operadores de mercado ficam com a diferença (50 pontos base).

Se estiver a planear abrir uma conta para negociar no mercado cambial é importante que saiba que cada empresa tem diferenciais(spreads) distintos para pares de moedas estrangeiras negociados através das mesmas. Embora geralmente difiram apenas por alguns pips (0,0001), pode ser significativo se negociar bastante ao longo do tempo. Assim, quando abrir uma conta, certifique-se de que encontra o pip spread que a mesma tem sobre os pares de moedas estrangeiras que pretende negociar.

Outros fatores

Existe uma série de diferenças entre cada empresa e as contas que as mesmas oferecem logo é importante rever cada uma delas antes de se comprometer. Cada empresa irá oferecer diferentes níveis de serviços e programas juntamente com taxas acima e além dos custos de negociação. Além disso, devido à natureza menos regulada do mercado cambial, é importante envolver-se com uma empresa de confiança.

Como negociar no mercado cambial

Agora que já conhece que fatores importantes deve ter em conta quando abre uma conta no mercado cambial vamos considerar o que pode negociar com essa conta. As duas principais formas de negociar no mercado cambial são (i) a simples compra e venda de pares de moedas, onde detém uma posição longa numa moeda e curta noutra; e (ii) a compra de derivados que rastreiam os movimentos de um par de moedas específico.

Ambas as técnicas são altamente semelhantes às técnicas utilizadas no mercado de ações. A forma mais comum passa por simplesmente comprar e vender pares de moedas, muito como a maioria dos indivíduos compra e vende ações. Neste caso, espera que o valor do par em si mude de forma favorável. Se abrir uma posição longa num par de moedas, espera que o valor do par aumente. Digamos, por exemplo, que assume uma posição longa no par USD/CAD – irá lucrar se o valor do par subir e irá perder se o valor descer. Este par sobe quando o dólar norte-americano aumenta de valor contra o dólar canadiano, tratando-se de uma aposta no dólar norte-americano.

A outra opção passa por utilizar produtos derivados, como opções e futuros, para lucrar com as alterações no valor das moedas. Se comprar uma opção sobre um par de moedas ganha o direito de comprar o par a uma taxa definida antes de uma dada altura. Um contrato de futuros, por outro lado, cria a obrigação de comprar a moeda a uma dada altura. Ambas as técnicas de negociação são utilizadas principalmente por traders avançados mas é importante estar familiarizado com as mesmas.

Tipos de ordens

Um trader que procure abrir uma posição nova irá provavelmente utilizar uma ordem de mercado (market order) ou uma ordem com limite de preço (limit order). A incorporação destes tipos de ordens permanece a mesma como quando são utilizadas nos mercados de ações. Uma ordem de mercado concede ao trader do mercado cambial a capacidade para obter a moeda a qualquer taxa de câmbio que esteja a ser negociada no mercado, enquanto uma ordem com limite de preço permite ao trader especificar um preço de entrada.

Os traders focados no mercado cambial que já possuem uma posição aberta poderão querer considerar utilizar uma ordem take-profit para bloquear lucro. Digamos, por exemplo, que um trader está confiante de que a taxa/preço GBP/USD irá atingir 1,7800, mas não está tão certo de que possa subir mais do que isso. O trader pode utilizar uma ordem take-profit que fecha automaticamente a sua posição quando a taxa alcançar 1,7800, fixando os seus lucros.

Outra ferramenta que pode ser utilizada quando os traders detêm posições abertas é a ordem stop-loss (limitação de perdas). Esta ordem permite aos traders determinar quanto a taxa/preço pode cair até a sua posição ser fechada e mais perdas acumuladas. Assim, se a taxa GBP/USD começar a cair um investidor pode colocar uma stop-loss que irá fechar a sua posição (por exemplo a 1,7787) a fim de evitar novas perdas.

O tipo de ordens que pode colocar na sua conta de negociação no mercado cambial é semelhante às que encontra nas contas do mercado de ações. É importante ter uma boa noção destas ordens antes de começar a negociar.

Leia também:
Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça um "gosto" a esta página para que possamos continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente