As economias mais fortes em 2050
Página principal Análise

De acordo com “O mundo em 2050”, um relatório da PwC, consultora internacional

A PriceWaterHouseCoopers, consultora internacional especializada em serviços de assessoria financeira, analisou as 32 maiores economias do mundo – tendo por base o respetivo PIB e a paridade do poder de compra. O relatório “O mundo em 2050” destacou que as economias emergentes irão registar um crescimento muito mais rápido que os Estados Unidos e a Europa. Contudo, “terão de fortalecer as suas instituições e infraestruturas” para tirar partido do crescimento no longo prazo.

10. Reino Unido

Os especialistas da PwC acreditam que depois do Brexit o Reino Unido irá superar o ritmo de crescimento da UE.

9. Alemanha

A Alemanha ocupará a nona posição – uma queda da quinta.

8. Japão

O Japão vai cair do quarto para o oitavo lugar.

7. México

O México, que entrou em 2016 para o top ten, ocupará o sétimo lugar.

6. Rússia

O prognóstico da PwC para a Rússia melhorou: de oitava para sexta posição.

5. Brasil

O Brasil subirá da sétima para a quinta posição.

4. Indonésia

A Indonésia, que ocupa atualmente o oitavo lugar, encontrar-se-á entre as cinco primeiras economias do mundo.

3. EUA

Os EUA irão perder o segundo lugar a favor da Índia.

2. Índia

De acordo com as previsões da PwC, a Índia superará o PIB dos Estados Unidos.

1. China

A China continuará líder mundial. Em 2050, o país será responsável por 20% do PIB mundial.

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça um "gosto" a esta página para que possamos continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente