Rússia avançou que não irá cortar a produção de petróleo
Shutterstock.com
Página principal Síntese, Petróleo, Rússia, União Europeia, Turquia

A seleção das principais notícias do dia pela redação do Insider.pro

O país irá manter a produção aos níveis atuais

Alexander Novak, ministro da Energia, adiantou que o máximo que irá fazer será manter a produção atual estável no próximo ano – o que, argumenta, equivale a uma redução à luz de planos anteriores para aumento da produção. A Arábia Saudita pretende que outros membros da OPEP reduzam a oferta de petróleo para sustentar os preços.

Rússia e União Europeia discutem energia

O ministro russo da Energia e um representante da UE da mesma área irão discutir “cooperação energética”. A Rússia quer enviar mais do seu gás natural através do gasoduto Opal, da Alemanha, para a Europa. No entanto, por detrás encontra-se o confronto UE-Rússia quanto à Ucrânia, cujo presidente esteve em Bruxelas esta semana em busca de mais apoio para o seu governo em luta.

Ministros das Finanças da Europa continuam conversações quanto a resgate financeiro da Grécia

Representantes da Alemanha, França, Itália, Espanha e Holanda irão encontrar-se com funcionários do FMI em Berlim para discutir a crise da dívida grega. A zona euro procura um novo acordo ao nível da reforma fiscal até 5 de dezembro.

Black Friday mais calma nas lojas dos EUA

Espera-se que o tradicional início da temporada de compras nos EUA supere recordes em termos de vendas – mas haverá menos rebuliço nas lojas, com os consumidores a optarem pelas compras online. Algumas grandes retalhistas estarão fechadas (nos EUA), oferecendo o dia de folga aos seus colaboradores.

Japão criticou disposição de mísseis russos em ilhas disputadas...

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, considerou a situação “lamentável”. A imprensa russa avançou esta semana que os mísseis anti-navios estão agora operacionais nas ilhas conhecidas como Curilas do sul na Rússia e Territórios do Norte no Japão.

... E o Japão aproximou-se de escudo de defesa antimíssil dos EUA

O ministro da Defesa Tomomi Inada afirmou que o Japão está “a investigar sistemas para intercetar mísseis.” Inada irá visitar Guam no próximo mês para examinar o sistema de defesa aérea de elevada altitude criado pelos EUA (THAAD). A Coreia do Sul já concordou com a implementação da tecnologia.

Colômbia assinou acordo de paz revisto com rebeldes das FARC

O novo acordo será submetido ao Congresso para aprovação e não à população, que rejeitou a última proposta em outubro. O acordo exige que as FARC entreguem todos os seus ativos como retorno para as vítimas. Oponentes afirmam que as alterações foram mera “cosmética”.

Calendário económico

  • 09:30 GMT (GBP) PIB (Anual) (3º Trimestre)
  • 09:30 GMT (GBP) PIB (Mensal) (3º Trimestre)
Leia também:

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça um "gosto" a esta página para que possamos continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente