Amazon vendeu mil milhões de produtos este Natal
Página principal Síntese, Rússia, EUA, Barack Obama, China, Mercado dos EUA

A seleção das principais notícias do dia pela redação do Insider.pro

Um recorde para a empresa na época natalícia

A Amazon (NASDAQ: Amazon.com [AMZN]) avançou que vendeu, em todo o mundo, mil milhões de produtos na quadra natalícia deste ano – batendo um recorde de vendas nesta época – com o assistente virtual Echo a surgir como o produto mais vendido a nível mundial. De acordo com a consultora Bain&Company, a Amazon controla cerca de 35% do comércio eletrónico nos EUA, um valor que se estima que aumente para 50% em 2018.

China e Paquistão encontram-se para discutir infraestruturas

O Joint Cooperation Committee quanto ao China Pakistan Economic Corridor (CPEC) irá realizar uma reunião em Pequim para avaliar as atuais infraestruturas e projetos de energia. O CPEC tem recebido fortes críticas em ambos os países. Na semana passada, o Ministério Federal do Planeamento, Desenvolvimento e Reforma do Paquistão avançou que as iniciativas do CPEC irão aliviar a crise energética, promover a igualdade e melhorar a qualidade de vida.

EUA lança dados quanto a vendas pendentes de casas em novembro

Os analistas estimam que os dados lançados pela National Association of Realtors apresentem um aumento na ordem de 0,5%, face ao mês anterior – e face a 0,1% no ano anterior. Os números irão avançar como os rumores quanto a iminentes aumentos das taxas de juro tiveram impacto no mercado imobiliário.

Secretário de Estado dos EUA, John Kerry, fala sobre a paz entre Israel e a Palestina

Dias após um voto de abstenção dos EUA ter ajudado a passar uma resolução da ONU que condena a expansão de assentamentos israelitas, Kerry irá apresentar uma proposta de paz para ambas as partes. As suas declarações servem como meros símbolos da visão de Barack Obama. Donald Trump, por sua vez, já se opôs verbalmente à política da atual administração no Médio Oriente.

Primeiro-ministro do Japão visitou Pearl Harbor

Amazon vendeu mil milhões de produtos este Natal
Hugh Gentry/REUTERS

Shinzo Abe juntou-se a Barack Obama num memorial junto a partes remanescentes do USS Arizona, sete meses após Obama se ter tornado o primeiro presidente norte-americano a visitar Hiroshima. A visita de Abe foi apontada como a primeira, a Pearl Harbor, por um chefe de Estado japonês desde a Segunda Guerra Mundial mas a afirmação não está inteiramente correta. Embora seja o primeiro a visitar o Arizona, pelo menos outros três primeiros-ministros japoneses prestaram homenagem em Honolulu – incluindo Nobusuke Kishi, primeiro-ministro entre 1957 e 1960 e avô de Abe.

EUA acusaram três cidadãos chineses de insider trading

A Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (Securities and Exchange Commission) acusou Iat Hong de Macau, Chin Hung de Macau e Bo Zheng de Changsha depois de os mesmos terem invadido os servidores de dois escritórios de advocacia para obter e-mails privados e terem comprado ações de empresas posicionadas para aquisição. As empresas vulneráveis não foram mencionadas mas o Wall Street Journal relata que se tratou, provavelmente, da Cravath, Swaine & Moore e da Weil, Gotshai & Manges.

Evacuação da Trump Tower foi “falso alarme”

Depois de avisadas da existência de um “pacote suspeito” abandonado, às 16:45 EST, as autoridades ordenaram que os visitantes na entrada da Trump Tower deixassem o edifício. Em 25 minutos os técnicos do esquadrão de bombas determinaram que o pacote correspondia a uma mochila cheia de brinquedos para crianças, declarando o edifício como seguro.

Calendário económico

  • 15:00 GMT (USD) Vendas Pendentes de Casas (Mensal) (Nov)
Leia também:

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça um "gosto" a esta página para que possamos continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente