Guterres quer reunir com Trump “logo que seja possível”
Lucas Jackson/REUTERS
Página principal Síntese, Portugal, Rússia, Donald Trump, António Guterres, Síria, Turquia
Tema do momento
29 de Dezembro de 2016
1831 1k

A seleção das principais notícias do dia pela redação do Insider.pro

Tendo em vista o estabelecimento de um “diálogo construtivo”

António Guterres, futuro secretário-geral das Nações Unidas, e Donald Trump, futuro presidente dos EUA, assumem os seus próximos cargos já em janeiro – e o antigo primeiro-ministro português avançou em entrevista que pretende “estabelecer um diálogo construtivo com a nova administração americana” sublinhando que os Estados Unidos são o principal financiador das Nações Unidas e um elemento fundamental em toda a ação da organização.

Banco Central Europeu divulga relatório de novembro

Os analistas antecipam um aumento modesto de empréstimos bancários a famílias e empresas nesse mês. O lento ritmo de crescimento deverá validar os objetivos de estímulo contínuo em 2017.

EUA revelam dados preliminares relativos ao comércio

Os analistas estimam que o défice comercial dos EUA com outras nações tenha aumentado em novembro, no seguimento da força renovada do dólar nos últimos meses. O défice comercial dos EUA aumentou acentuadamente em outubro para 42,6 mil milhões de dólares, com as exportações a cair no seguimento de um aumento no verão e as importações a aumentar.

Mundo reage ao discurso de John Kerry sobre Israel

Depois do Secretário de Estado dos EUA ter dito que Israel nunca obterá “verdadeira paz” se não alcançar um acordo com os palestinianos com base numa solução de dois estados, diversos políticos reagiram. O senador republicano John McCain considerou o discurso uma “tirada inútil” enquanto os democratas responderam com mais ambivalência. Na Europa, diversos políticos tomaram o partido de Kerry. “Quantos mais assentamentos, menor a probabilidade de uma solução de dois estados.” – Afirmou Nathalie Goulet, vice-presidente do Comité de Assuntos Estrangeiros de França.

Ministro da Defesa do Japão visitou polémico memorial de guerra

Apenas um dia depois do primeiro-ministro Shinzo Abe ter visitado Pearl Harbor com Barack Obama, o ministro da Defesa Tomomi Inada visitou o Yasukuni Shrine em Tóquio, que honra soldados japoneses caídos na Segunda Guerra Mundial –incluindo diversos que foram executados por crimes de guerra. A última visita de Abe ao santuário teve lugar em 2013 – e, desde então, em cada aniversário anual da derrota do Japão, a tarefa tem sido delegada a outros funcionários.

Colômbia aprovou amnistia para milhares de insurgentes guerrilheiros

Guterres quer reunir com Trump “logo que seja possível”
REUTERS

Depois de ter assinado um acordo de paz com as FARC, grupo rebelde, o congresso do país aprovou uma lei que irá libertar combatentes das FARC de acusação por “crimes menores”. Estima-se que existam 7.000 membros das FARC na Colômbia.

Índia escolheu sucessora para ícone político

Líderes do partido escolheram Sasikala Natarajan para substituir Jayalalitha como dirigente do partido AIADMK no estado de Tamil Nadu, no sul do país. Sasikala é amiga de longa data de Jayalitha, conhecida na Índia pelo seu estilo autocrático de governo e culto de personalidade.

Debbie Reynolds morreu aos 84 anos

A atriz ficou conhecida pelo seu papel enquanto Kathy Seldon no musical de Hollywood Singin’in the Rain. Morreu um dia após a sua filha, a atriz Carrie Fisher, ter falecido.

Calendário económico

  • 16:00 GMT (USD) Inventários de Petróleo Bruto
Leia também:

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça um "gosto" a esta página para que possamos continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente