António Guterres apresenta plano de ação no Conselho de Segurança da ONU
Lucas Jackson/Reuters
Página principal Síntese, Apple, EUA, Donald Trump, António Guterres, China, União Europeia, Barack Obama, Irão
Tema do momento
10 Janeiro
2368 2k

A seleção das principais notícias do dia pela redação do Insider.pro

Secretário-geral da ONU realiza primeiro discurso

António Guterres, que tomou posse como secretário-geral das Nações Unidas há dez dias, vai realizar hoje o seu primeiro discurso no Conselho de Segurança da organização. Guterres comprometeu-se a aumentar os esforços para combater crises globais, como as sentidas na Síria e Sudão do Sul.

Senadores dos EUA interrogam nomeados para gabinete de Donald Trump...

Jeff Sessions, a escolha para procurador geral, e Mike Pompeo, para diretor da CIA, serão os dois primeiros – de sete audiências de confirmação esta semana. Diversos nomeados ainda terão de ser examinados por conflitos de interesse, colocando pressão sobre a agência de ética do governo.

... e Barack Obama despede-se

O presidente dos EUA irá realizar o seu discurso de despedida em Chicago, onde começou a sua carreira política. Espera-se uma forte defesa do Obamacare, declamação orgulhosa de números referentes à recuperação económica e algumas repreensões dirigidas a Donald Trump quanto a desafios para o futuro. Milhares de pessoas fizeram fila ao frio para conseguir bilhetes.

Comissão responsável por supervisionar acordo nuclear iraniano reúne em Viena

Reunidos pela chefe de política externa da UE, Federica Mogherini, os funcionários irão abordar a queixa de Teerão quanto à renovação de sanções dos EUA no mês passado, entre outras questões. A reunião tem lugar alguns dias antes da tomada de posse de Donald Trump, que prometeu anular o acordo nuclear.

Trump considerou Jack Ma – criador do mais conhecido mercado mundial de contrafação – um “grande, grande empreendedor”

O fundador da Alibaba (NYSE: Alibaba Group Holding [BABA]) visitou o presidente eleito e prometeu criar um milhão de postos de trabalho para americanos nos próximos cinco anos através da criação de pequenas empresas. Ma, que enfrenta uma investigação da SEC e censura de reguladores comerciais dos EUA, fez uma promessa semelhante em 2015.

Congresso da Venezuela aprovou resolução em como o presidente Nicolás Maduro abandonou o seu cargo

Maduro “deixou de ser presidente e converteu-se num ditador.” – Afirmou Freddy Guevara, membro da Assembleia Nacional controlada pela oposição. É improvável que o movimento, em grande parte simbólico, afete Maduro – surgindo no meio de uma crise económica paralisante.

Fiat Chrysler em confronto com Donald Trump

A fabricante de automóveis (NYSE: Fiat Chrysler Automobiles [FCAU]) negou a ideia de que Trump poderia tomar o crédito por um plano para gastar mil milhões de dólares na expansão de fábricas em Ohio e Michigan e avançou ser “possível” que venha a fechar fábricas no México se forem adotadas tarifas pesadas. A Toyota (TYO: 7203) – outro alvo recente de Trump – anunciou planos para investir 10 mil milhões de dólares nos EUA ao longo dos próximos cinco anos.

Apple pretende abrir centro de produção de alta tecnologia no Arizona

A fabricante do iPhone solicitou aprovação do governo para a montagem e fabrico de equipamento de servidor para centros de dados numa instalação em Mesa. A empresa (NASDAQ: Apple [AAPL]) precisa de aprovação para importar componentes do estrangeiro sem incorrer em tarifas elevadas.

Calendário Económico

  • 15:00 USD Ofertas de Emprego JOLTs (Nov)
Leia também:

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça um "gosto" a esta página para que possamos continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente