Mercado de criptomoedas regista ampla queda
Página principal Síntese, Mercado dos EUA, Coreia do Norte, Donald Trump, Criptomoedas
Tema do momento
16 Janeiro
6397 6k

Uma seleção das principais notícias desta manhã

Capitalização do mercado caiu abaixo dos 600 mil milhões de dólares

O mercado de criptomoedas voltou a cair significativamente hoje: todas as criptomoedas que compõem o top 10 das maiores criptomoedas do mundo (por capitalização de mercado) registam queda nas últimas 24 horas — e a capitalização total do mercado caiu abaixo dos 600 mil milhões de dólares: 557,5 mil milhões de dólares às 9h55 de Lisboa. À mesma hora a Bitcoin equivale a 11.675,30 dólares, de acordo com o Coinmarketcap.

Diversos ministros dos Negócios Estrangeiros reúnem em cimeira, em Vancouver, para discutir a Coreia do Norte

Representantes dos EUA, França, Japão e outras nações irão discutir formas de pressionar Pyongyang a abandonar o seu armamento nuclear. Irão considerar a interceção de navios que se dirijam para a Coreia do Norte — mesmo depois de o país ter avançado no mês passado que um bloqueio naval seria considerado “ato de guerra”. A China não participará da cimeira.

Legisladores checos debatem moção de censura ao governo de Andrej Babis

O primeiro-ministro checo poderá ser alvo de moção de censura: os partidos estão a abandoná-lo uma vez que enfrenta acusações de fraude com subsídios da União Europeia. Entretanto, a segunda volta das eleições presidenciais a 26-27 de janeiro complica a situação, com o incumbente Milos Zeman, aliado de Babis, a ser desafiado por Jiri Drahos, orientado para a UE.

Citigroup relata ganhos do quarto trimestre

Estima-se que o banco de investimento (NYSE: C) tenha sido alvo de abalo na ordem de 20 mil milhões de dólares — decorrente de nova legislação tributária nos Estados Unidos, que no longo prazo deverá ajudá-lo e a outros bancos a reduzir a taxa de imposto corporativo. Na semana passada o JPMorgan Chase (NYSE: JPM) relatou um abalo semelhante, embora menor, de 2,4 mil milhões de dólares.

Grupo de vigilância alertou para “conflito de interesses sem precedentes” em torno de Trump

O Public Citizen, grupo não-partidário, divulgou um relatório onde notou que no primeiro ano de Trump no governo 64 grupos empresariais, governos estrangeiros, candidatos republicanos e outros ficaram ou realizaram eventos em propriedades ligadas ao presidente norte-americano. Salientou ainda que Trump não se despojou das propriedades que possui ou que têm o seu nome.

Japão analisa como evacuar os seus cidadãos da Coreia do Sul

Com a ameaça da Coreia do Norte as autoridades estabeleceram planos para utilizar navios militares japoneses e norte-americanos a partir da cidade de Busan caso se verifique uma crise que conduza ao encerramento dos aeroportos na Coreia do Sul. São cerca de 60.000 os japoneses no país.

Calendário Económico

  • 09:30 (GBP) IPC (Anual) (Dez)
Leia também:

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça um "gosto" a esta página para que possamos continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente