Zona euro: Banco Mundial prevê crescimento de 1,5% em 2017
Denis Balibouse/Reuters
Página principal Economia

As previsões do Banco Mundial marcam uma ligeira desaceleração face aos números projetados no ano passado para a zona euro

O Banco Mundial avançou ontem, terça-feira, que prevê que a zona euro cresça na ordem de 1,5% em 2017, uma ligeira desaceleração face ao crescimento de 1,6% do PIB observado no ano passado. Mais: segundo o Global Economic Prospects, relatório publicado duas vezes por ano pela instituição financeira, o crescimento deverá desacelerar ainda mais em 2018, para 1,4%.

Apesar da diminuição de crescimento, os números indicam que a economia da zona euro se encontra a recuperar gradualmente, tendo passado por diversos anos de paralisação económica na esteira da crise financeira de 2008 e da subsequente crise da dívida grega.

Já o crescimento económico global deverá aumentar ligeiramente, estimando-se que o PIB global se expanda a uma taxa anual de 2,7% este ano – um acentuado impulso face ao crescimento de 2,3% no ano passado, o pior desempenho global desde a crise de 2008. A instituição financeira estima, ainda, que os EUA e nações exportadoras de matérias-primas colham os maiores benefícios este ano.

“Estamos animados com as fortes perspetivas económicas no horizonte.” – Jim Yong Kim, presidente do Banco Mundial.

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça um "gosto" a esta página para que possamos continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente