Qual o impacto de Donald Trump nos seus investimentos?
AP Photo/Michael Probst
Página principal Finanças, Dicas de negociação, Mercado dos EUA, EUA, Eleições nos EUA, Donald Trump

Conheça os conselhos de especialistas e saiba como lidar com o mercado financeiro nos próximos tempos

Timothy LaPean, consultor financeiro, tem observado uma onda de apreensão e confusão entre os seus clientes após a impressionante eleição de Donald Trump como presidente dos EUA.

Não estão apenas preocupados com os seus investimentos. Num sinal do impacto da vitória de Trump naqueles que não votaram pelo candidato republicano, o consultor financeiro certificado, baseado em Minneapolis, avança que tem recebido chamadas de clientes mulheres ou de membros da comunidade Lésbica, Gay, Bissexual ou Transgénero que se referem à sua segurança pessoal.

E surgem também preocupações com as respetivas finanças pessoais. Segue-se um exemplo – e o que os consultores estão a aconselhar.

Está a comprar empresas – não políticos

É o que Howard Pressman, consultor financeiro certificado da Egan, Berger & Weiner LLC, em Vienna, na Virginia, está a relembrar aos seus clientes:

“Deve manter em mente que a economia dos EUA permanece saudável e se tem mostrado bastante resiliente.”

Ed Vargo, gestor de fortunas privadas na Burning River Advisory Group em Westlake, Ohio, sugere uma visão ainda mais ampla. O seu conselho? Coloque a seguinte questão a si próprio:

“As empresas ainda querem maximizar valor para os seus acionistas? As grandes empresas da América (e do mundo) ainda querem avançar grandes produtos e serviços e fornecer um espaço atraente para os seus colaboradores trabalharem? Os pais ainda querem que os seus filhos sejam formados e tenham mais do que tiveram? Os trabalhadores ainda querem reformar-se com uma idade razoável e desfrutar dos seus anos dourados? Em suma, as pessoas e empresas ainda aspiram a um melhor amanhã?”

Nada disso mudou desde ontem, avançou Vargo – acrescentando que os políticos tendem a não seguir estritamente a sua retórica de campanha.

Lembre-se, Trump é pró-crescimento

No final do dia, uma parte fundamental da plataforma de Trump é um massivo foco em infraestruturas e em diversas políticas pró-crescimento, avançou Michael Kitces, parceiro na Pinnacle Advisory Group e autor do blogue Nerd’s Eye View.

“À medida que superamos a reação de ontem vemos os mercados a começar a normalizar.”

A queda inicial do mercado relacionou-se mais com o potencial impacto de Trump ao nível de risco geopolítico do que com riscos sobre o crescimento fundamental, afirmou Kitces. Parece que a poeira começa a assentar.

Mitigue o risco e não venda em baixa

Chris Chen, consultor financeiro certificado e baseado em Waltham, Massachusetts, disse aos seus clientes “que a economia e os mercados irão sobreviver a Trump” e exortou-os a focarem-se no longo prazo – e a não vender em baixa.

No curto prazo, Chen poderá considerar estratégias de mitigação de risco como o foco em investimentos que pagam dividendos e juros para “criar amortecimento contra a possibilidade de um conjunto de políticas de Trump e um mercado valorizado resultarem em correção.”

Os clientes poderão querer reservar fundos para investimento como reserva para liquidez e compra em mercados voláteis, afirmou Lili Vasileff, presidente da empresa de planeamento financeiro Divorce and Money Matters, sediada em Woodbridge, Connecticut. Aconselha fundos mútuos e fundos transacionados em bolsa que invistam em ouro (NASDAQ: Randgold Resources [GOLD]) e recursos naturais.

Procure oportunidades na turbulência

“Agora poderá ser uma boa altura para adicionar alguma exposição a matérias-primas, tanto porque Trump prometeu conduzir projetos infraestruturais como porque as matérias-primas podem ser uma boa proteção contra um dólar instável.” – Afirmou David Haas, consultor financeiro com a Cereus Financial Advisors em Franklin Lakes, New Jersey. “No entanto, ao longo do tempo, uma carteira diversificada irá capturar os vencedores de uma presidência Trump e se o mesmo for realmente capaz de estimular a economia, o mercado irá provavelmente melhorar ao longo do tempo.”

Pressman acrescentou que “algumas indústrias sensíveis, como os cuidados de saúde, irão provavelmente experienciar algum tumulto mas outras irão recuperar com base nas notícias.”

Foque-se naquilo que controla

Eduque-se melhor ao nível do seu dinheiro, invista em si próprio ou na sua família, defina objetivos novos – tudo aspetos tangíveis que pode avançar para influenciar a sua vida diária.

“Faça algo que impacte positivamente a sua vida e esqueça o resto.” – Afirmou Vargo.

Tal poderá significar não ver notícias ou não verificar os seus saldos por algum tempo.

“Ver as suas contas de perto nas próximas 72 horas poderá aumentar a sua ansiedade mas é improvável que aumente os seus retornos.” – Afirmou LaPean.

Está a relembrar os seus clientes que, neste ponto, há poucos detalhes quanto ao que uma administração Trump fará.

Como tornar-se um investidor

Considere a história

“O mercado tem sido capaz de suportar os mais flagrantes eventos mundiais, incluindo presidências duvidosas.” – Afirmou Vargo. “Olhe para os grandes eventos geopolíticos desde a Segunda Guerra Mundial, a maioria dos quais mais calamitosos que uma presidência Trump – a Guerra Fria, a Baía dos Porcos, Vietname, a hiper-inflação/estagnação, a Grande Recessão de 2008 – e veja o desempenho do mercado ao longo do tempo. O registo histórico é claro: o mercado de ações vai ficar bem.”

4 Dicas para não temer a volatilidade do mercado

A analogia que Pressman tem utilizado para acalmar os clientes é o Brexit: “Depois de toda a gente ter superado o coletivo ‘Que diabos aconteceu?’ os mercados avançaram. Penso que vamos observar o mesmo aqui.” – Afirmou.

Ou, como Vargo o coloca, “não temos motivos para não achar que Trump venha a dizer coisas sem nexo.” No entanto “uma pessoa não pode derrubar toda a economia dos EUA.”

Leia também:

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça um "gosto" a esta página para que possamos continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente