3 Ações inegavelmente baratas
John Amis/AP Images for AIDS Healthcare Foundation
Página principal Finanças, Dicas de negociação, Mercado dos EUA
Tema do momento
21 de Novembro de 2016
3264 3k

Wall Street não parece muito interessada em ações da Gilead Sciences, BorgWarner ou Verizon Communications estes dias

O mercado de ações como um todo poderá estar a bater recordes históricos mas ainda há ações bastante baratas – mesmo no que alguns podem considerar um mercado de valorização elevada. As empresas que poderão não ter cumprido expectativas de ganhos ultimamente, que reduziram a sua orientação de ganhos futuros ou que se encontram no meio de uma grande transição começam a parecer baratas.

Três empresas cujas ações se destacam como baratas mas que ainda surgem como investimentos sólidos: Verizon Communications (NYSE: VZ), BorgWarner (NYSE: BWA) e Gilead Sciences (NASDAQ: GILD). Segue-se uma análise das mesmas, das razões pelas quais as três se encontram tão baratas nos dias de hoje e dos motivos pelos quais surgem como boas opções para uma carteira com foco no longo prazo.

Wall Street está pessimista quanto à empresa de biotecnologia

Verificaram-se alguns contratempos recentes para a Gilead tanto ao nível dos seus tratamentos existentes como dos que se encontram em carteira. Depois de ter relatado os resultados do terceiro trimestre, que apresentaram queda de vendas do seu medicamento Harvoni para a hepatite C (HCV), com os seus outros tratamentos para HCV a não compensaram a perda, a gestão anunciou que os tratamentos em carteira serão os últimos. Da mesma forma, o conjunto de tratamentos da empresa para HIV apresentou resultados mistos, com os seus novos tratamentos a não compensarem o declínio dos seus tratamentos mais antigos.

Trata-se de uma mudança monumental considerando que os tratamentos para HCV e HIV têm sido os motores de ganhos da Gilead nos últimos anos. O mercado não respondeu bem às notícias e as ações estão a ser negociadas a um muito modesto valor da empresa/EBITDA de 5,7 vezes.

Qual o impacto de Donald Trump nos seus investimentos?

Se os tratamentos da Gilead para HCV e HIV fossem tudo o que a empresa tivesse então o atual preço das ações faria sentido. No entanto, a empresa realizou algum progresso no tratamento de doença hepática não alcoólica (NASH). O seu mais recente tratamento passou a fase 2 de ensaios clínicos – e a empresa promete bons resultados intermédios quanto a outros dois tratamentos de NASH, um mercado de 40 mil milhões de dólares.

Além disso, detém 31 mil milhões de dólares em fundos no seu balanço. Embora uma grande parte possa ser utilizada para aumentar o retorno aos acionistas, a Gilead está também a utilizá-los para aquisições, particularmente na área da oncologia.

Assim, a Gilead poderá estar a passar por uma temporada difícil agora, à medida que começa a afastar-se dos seus tratamentos mais antigos, mas existe ainda oportunidade nos tratamentos em carteira e nos fundos que detém para realizar movimentos oportunistas no futuro. Os investidores poderão não obter muito desta ação nos próximos trimestres mas comprar ações hoje poderá ser uma aposta bastante atraente para o longo prazo. Trata-se de uma empresa de biotecnologia bem estabelecida.

Um obstáculo difícil de superar hoje mas uma grande oportunidade pela frente

Tal como a Gilead, a BorgWarner – fabricante de peças para automóveis – prevê uma fase difícil. No início deste ano a empresa reduziu a sua orientação à medida que começou a ver alguns sinais do fabrico automóvel em ou perto do topo do ciclo da indústria – bem como questões ao redor dos motores a diesel (a principal cliente da BorgWarner é a VW/Audi, que utilizou turbo-compressores nos seus veículos com motor a diesel). Se olhar para além de algumas destas questões, no entanto, existem alguns grandes pontos brilhantes que vale a pena considerar e que poderão alimentar um grande crescimento.

O foco em veículos híbridos e totalmente elétricos abriu um novo mercado, em crescimento, para a BorgWarner. Entre agora e 2023, a combinação do crescimento de vendas de veículos híbridos e elétricos com os esforços da empresa para aumentar o conteúdo médio por veículo deverá levar os mercados híbrido e elétrico a gerar taxas de crescimento anual na ordem de 50-55%. Juntamente com crescimento de um único dígito de veículos a combustão convencional, deverá fornecer uma sólida plataforma para crescimento ao longo da próxima década.

Considerando que Wall Street não consegue ver tão longe no futuro foquemo-nos nos resultados de hoje. As ações da BorgWarner têm um rácio valor da empresa/EBITDA de umas modestas 6,2 vezes. A empresa poderá não gerar muito em termos de vendas ou lucros da sua oferta de partes para veículos híbridos e elétricos hoje mas o crescimento destes veículos ao longo do tempo será benéfico para o negócio e isso faz com que valha a pena apostar no preço de hoje.

É bom ser o rei

A cada dia que passa tornamo-nos mais e mais presos a dispositivos móveis. Isso também se traduz por uma maior procura por redes sem fios para irmos ao encontro dos dados pretendidos a velocidades mais rápidas. Tal, claro, exige grandes despesas de capital e poucas empresas no segmento wireless geram o tipo de fundos que a Verizon Communications gera para desenvolver a próxima grande coisa nas redes sem fios: uma rede 5G.

Como criar uma carteira igual à de Warren Buffett

Ao longo dos últimos 12 meses, a Verizon gerou mais de 28 mil milhões de dólares em fundos de operações, ficando com fundos suficientes para reinvestir nos seus negócios e para pagar um generoso dividendo. Apesar da Verizon ter realizado algumas aquisições, como a aquisição da AOL e a apresentação de uma oferta pela Yahoo! (NASDAQ: YHOO) para aumentar a sua receita proveniente de publicidade, a real geração de fundos da empresa provém das subscrições de internet sem fios.

A empresa não alcançou recentemente alguns objetivos ao nível do número de assinantes, como avançado na sua mais recente divulgação de ganhos, mas é algo esperado com a concorrência entre prestadores de serviços wireless a aumentar. Com a Verizon (NASDAQ: VOD) a começar a diferenciar-se na rede 5G – que deverá estar online em 2020 – a empresa deverá continuar a avançar fundos sólidos para compensar os acionistas. Com uma ação que tem um rácio valor da empresa/EBITDA de 6,5 vezes, trata-se de um investimento muito atraente.

Leia também:

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça um "gosto" a esta página para que possamos continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente