3 Empresas a acompanhar esta semana
Página principal Finanças, Mercado dos EUA

A temporada de lucros começa a desvanecer mas há algumas empresas que ainda não divulgaram os seus ganhos. Saiba que nomes acompanhar esta semana.

As ações mantiveram a tendência ascendente na semana passada, com o Dow Jones Industrial Average (INDEX: DJI) e o S&P500 (INDEX: SPX) a passarem os 6% de ganhos, até agora, este ano.

A temporada de lucros começa a desvanecer mas há alguns grandes nomes que ainda não divulgaram os seus ganhos. Seguem-se algumas das divulgações mais esperadas esta semana: Ulta Beauty (NASDAQ: ULTA), Vail Resorts (NYSE: MTN) e National Beverage (NASDAQ: FIZZ). Vamos observar as tendências que poderão conduzir a oscilações ao nível do preço das ações destas empresas esta semana.

Ulta Beauty: aumento do tráfego de clientes

As ações da Ulta Beauty (NASDAQ: ULTA) alcançaram, recentemente, níveis recorde – o que surge como uma boa razão para otimismo. Além disso, destaca-se que a Ulta aumentou a sua previsão de crescimento de vendas quatro vezes no ano passado.

Há três meses, a retalhista apresentou aceleração de ganhos com as vendas em loja a disparar 17%, estabelecendo um novo recorde para a empresa. O crescimento foi impulsionado por um pico ao nível do tráfego de clientes, de dois dígitos, juntamente com um aumento de 6% da despesa média por visita. Além disso, o e-commerce surgiu como sólido canal de crescimento para a empresa, com o ritmo de expansão a acelerar pelo terceiro trimestre consecutivo – alcançando um ritmo de 59% em dezembro.

Entretanto, a CEO Mary Dillon e a sua equipa executiva atualizaram as previsões para as comps (comparable same-store sales, que analisam as vendas das lojas da empresa, em operação há um ano ou mais, em comparação com o ano anterior), avançando um possível aumento de 13% para o trimestre, o que poderá conduzir as comps do ano inteiro para cerca de 14%. Quanto a perspetivas futuras, é provável que a gestão clarifique as suas previsões na quinta-feira em resposta às tendências do último trimestre de 2016.

Vail Resorts: aumento da procura pelos seus lodges

A operadora de resorts de montanha Vail Resorts (NYSE: MTN) irá relatar os resultados do seu segundo trimestre fiscal antes da abertura do mercado na sexta-feira. A empresa aumentou recentemente a sua previsão de ganhos para o ano depois de ter alcançado resultados sólidos no trimestre de verão – que costuma ser altura de desaceleração. Apesar de não se verificar atividade de esqui no verão, a Vail desfrutou de procura constante ao nível de alojamentos, jantares e atividades de verão.

Em dezembro, os primeiros indicadores da temporada de esqui apontavam para a direção certa. As vendas de passes para a temporada apresentavam um aumento de 20% e as reservas de alojamento mostravam-se também com tendência ascendente face ao mesmo período do ano anterior, mesmo com um novembro com temperaturas fora do comum. Entretanto, os executivos têm-se mostrado otimistas quanto à recente aquisição da Whistler Blackcomb – o resort mais visitado na América do Norte. “Estamos entusiasmados com esta adição à Vail Resorts.” – Afirmou o CEO Rob Katx aos investidores depois da transação ter sido concluída no trimestre passado.

Incluindo os resultados da Whistler Blackcomb, Katx e a sua equipa esperam alcançar ganhos ajustados entre 567 milhões e 597 milhões de dólares. Uma alteração significativa ao nível dessa previsão poderá levar a oscilação das ações esta semana.

National Beverage: aumento do volume

Os investidores esperam boas notícias da National Beverage esta semana. A detentora de marcas populares de água com gás como a La Croix e a Shasta concluiu recentemente o seu melhor semestre, com o rendimento a subir 15% e os lucros a disparar 65%. O seu ano fiscal de 2016 destacou-se ao nível da indústria, com o volume a disparar 9%, mesmo com subida dos preços médios de venda. As gigantes de bebidas, como um todo e em contraste, alcançaram ganhos de volume próximos de 2%.

As inovações da National Beverage (NASDAQ: FIZZ) impulsionaram o seu crescimento ao longo dos últimos anos. A empresa procura agora aplicar essa abordagem à sua política financeira. No início de novembro, os executivos anunciaram planos ao redor do início de um programa único de dividendos para recompensar os acionistas com base na antiguidade da posse de ações da empresa. Os investidores poderão obter mais detalhes do plano esta semana – mas estarão mais interessados em ver evidência de ganhos em termos de quota de mercado, sob a forma de crescimento saudável do volume.

Leia também:

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça um "gosto" a esta página para que possamos continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente