A razão pela qual a chinesa Ant Financial quer comprar a MoneyGram
John Ruwitch/Reuters
Página principal Finanças

A Ant Financial quer estar para o mundo como a PayPal está para os EUA ao nível do e-commerce

Estima-se que a empresa chinesa de transferência de dinheiro, afiliada de pagamentos da Alibaba (NYSE: BABA), entre na bolsa no final deste ano com um valor entre 60 e 75 mil milhões de dólares. A mesma encontra-se no meio de expansão para levar a sua atuação além da China, com a indústria de remessas bancárias a tornar-se mais profunda ao nível do comércio global.

A Ant pretende fornecer serviços financeiros a 2 mil milhões de indivíduos no decorrer da próxima década. O recente movimento da empresa em direção a esse objetivo, a sua agressiva perseguição da MoneyGram (NASDAQ: MGI), poderá abrir alas a 350.000 localizações ao redor do mundo.

A oferta da Ant de 1,2 mil milhões de dólares, esta segunda-feira, pela MoneyGram é a mais recente notícia na guerra de licitações pela empresa de transferência de dinheiro. Um acordo de 880 milhões de dólares em janeiro parecia estar a correr bem – no entanto, a Euronet Worldwide, baseada nos EUA, entrou em ação com uma oferta de mil milhões de dólares pela MoneyGram em março.

A mais recente oferta da Ant segue-se a uma série de movimentos para expandir o seu alcance na Ásia, bem como a alguma angariação de fundos para financiar a sua estratégia. A empresa realizou recentemente uma série de acordos com empresas da Coreia do Sul, Filipinas, Índia e Tailândia e deverá aumentar a sua base de utilizadores – de 600 milhões de utilizadores – na Ásia. Em comparação, a PayPal (NASDAQ: PYPL) tem 197 milhões de utilizadores no total. A Ant já a supera por um fator de três e ainda nem começou a alcançar o mercado fora da Ásia.

O mercado de remessas, que deverá fornecer cerca de 600 mil milhões de dólares a nível global este ano, é especialmente importante em regiões em desenvolvimento onde os residentes não têm muito dinheiro ou acesso a sistemas bancários tradicionais. A plataforma de pagamento digital da Ant, a Alipay, já é a principal opção para pagamentos na China – e um maior ponto de apoio na Ásia expandirá o alcance da empresa de duas formas: não só a sua base de utilizadores irá crescer como os clientes irão utilizar o serviço com maior frequência uma vez que será mais fácil para os viajantes utilizá-lo onde quer que se encontrem.

A MoneyGram, cuja rede inclui 2,4 milhões de contas, servirá os dois objetivos, sendo por isso que a Ant sentiu necessidade de aumentar a sua oferta inicial, em 36%, para adquirir a empresa.

Contudo, uma fusão bem-sucedida ainda terá de enfrentar dois obstáculos: os acionistas da MoneyGram ainda têm de aprovar o acordo e o presidente Donald Trump tem poder de veto sobre o mesmo através da Comissão de Investimentos Estrangeiros nos EUA.

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça um "gosto" a esta página para que possamos continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente