3 Empresas a acompanhar esta semana
REUTERS/Benoit Tessier
Página principal Finanças, EUA, Mercado dos EUA

O mercado de ações voltou a dar um salto na semana passada – manterá a tendência esta semana?

As ações voltaram a território recorde na semana passada graças a um conjunto de fortes relatórios de ganhos corporativos e a dados económicos que mostraram um mercado de trabalho saudável nos EUA. O Dow Jones Industrial Average (INDEX: DJI) passou os 21.000 pontos enquanto o S&P 500 (INDEX: SPX) alcançou ganho de 7% até agora este ano.

A temporada de resultados relativos ao primeiro trimestre de 2017 continua esta semana, com alguns dos mais esperados relatórios – como da Walt Disney (NYSE: DIS), da NVIDIA (NASDAQ: NVDA) e da Whole Foods Market (NASDAQ: WFM). Seguem-se algumas questões que os investidores poderão acompanhar aquando do anúncio de resultados.

Queda do segmento de estúdio da Walt Disney

A Disney (NYSE: DIS) irá anunciar os resultados do seu segundo trimestre fiscal depois do encerramento do mercado terça-feira. As ações da gigante de entretenimento têm estado próximas de novos máximos – apesar de recentes dificuldades e de uma queda acentuada dos lucros em diversos segmentos. No último trimestre, os lucros caíram 7% – com a subida de ganhos em parques e resorts a não compensar as quedas de dois dígitos nas divisões de estúdio e produtos de consumo.

Bob Iger, CEO, e a sua equipa preparam-se para resultados operacionais ligeiramente inferiores este ano fiscal, após seis anos seguidos com números recorde. Essa queda resulta, em parte, da calendarização de lançamentos ao redor do Star Wars – uma vez que os resultados do ano passado beneficiaram das vendas de bilheteira, entretenimento doméstico e venda de produtos de consumo associados à marca. A Disney está a ter outro grande ano nos cinemas até agora (obrigado Bela e o Monstro), mas provavelmente não se verificarão melhorias em relação aos resultados de 2016 até o próximo episódio de Star Wars voltar aos cinemas – e brinquedos licenciados começarem a ser enviados para retalhistas – no final do ano.

Objetivos de crescimento da NVIDIA

As ações da NVIDIA (NASDAQ: NVDA) subiram aproximadamente 200% ao longo dos últimos 12 meses. A fabricante de chips viu aceleração acentuada do crescimento de vendas ultimamente e a sua principal posição em indústrias de ponta, como carros autónomos, inteligência artificial e computação na nuvem, tem deixado os investidores entusiasmados com as suas oportunidades de longo prazo.

Boas notícias para os acionistas: a NVIDIA combinou fortes ganhos de vendas com igualmente impressionante crescimento de rentabilidade. A margem bruta, de facto, saltou mais de 3 pontos percentuais no último trimestre para alcançar 60% das vendas.

Planos de longo prazo da Whole Foods

As ações da Whole Foods (NASDAQ: WFM) estão em grande este ano, principalmente graças a queixumes de acionistas ativistas que indicam que a cadeia de supermercados poderá tornar-se privada num futuro próximo. Alguns dos maiores acionistas da empresa estão a pressionar a gestão nessa direção, procurando formas para revitalizar as ações após uma série de resultados operacionais dececionantes. No último trimestre, por exemplo, as vendas caíram 3% devido a uma forte queda do tráfego de clientes.

John Mackey, CEO, avançou que a concorrência crescente forçou a gestão a refinar a sua estratégia de crescimento e a reorientar os seus esforços para melhor servir os seus clientes.

Esses objetivos serão provavelmente mais fáceis de atingir longe da pressão implacável dos mercados públicos, a pressionarem melhorias operacionais imediatas. Contudo, não há garantia de que a Whole Foods encontre comprador, ou que o preço represente um bom valor para os acionistas que viram as suas ações cair acentuadamente desde que estabeleceram um máximo histórico no início de 2014.

Leia também:

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça um "gosto" a esta página para que possamos continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente