Mercado de ações: 3 empresas a acompanhar esta semana
Página principal Finanças, Mercado dos EUA

A temporada de resultados começa a desacelerar – mas os investidores ainda podem esperar alguma volatilidade nos próximos dias

A semana que terminou foi tranquila para o mercado de ações, com o Dow Jones Industrial Average (INDEX: DJI) e o S&P 500 (INDEX: SPX) a moverem-se menos de 0,25% – o que deixou ambos os índices próximos de máximos históricos e com um ganho de 8% até agora este ano.

Entretanto, a temporada de resultados está a desacelerar – mas os investidores ainda podem esperar volatilidade ao redor de algumas ações individuais que anunciam resultados trimestrais ao longo dos próximos dias. Alguns dos relatórios mais esperados esta semana: Nike, McCormick e Constellation Brands.

Novas perspetivas da Nike

A Nike (NYSE: NKE) irá anunciar os seus resultados na quinta-feira. A titã de vestuário e calçado desportivo terminou em último lugar entre as 30 gigantes que compõem o Dow Jones em 2016 – e os investidores não têm andado entusiasmados ao ver o crescimento do mercado norte-americano cair para uma taxa de 4% nos últimos nove meses, de 10% no mesmo período do ano anterior. Entre outras razões, a rentabilidade da Nike encontra-se também mais baixa graças a crescente concorrência de rivais online.

Entretanto, a gestão viu-se encorajada por um declínio de 8% dos stocks nas retalhistas no último trimestre, que idealmente irá contribuir para melhorar as margens brutas esta semana. Com essa queda, os parceiros de vendas da Nike sincronizaram melhor os seus stocks para irem ao encontro das tendências de tráfego dos consumidores.

O desempenho a curto-prazo das ações poderá depender das perspetivas que os executivos avancem para o próximo ano fiscal. A Nike irá equilibrar o desejo de aumentar o lucro contra a necessidade de investir na melhoria do seu ritmo de inovação e em infraestrutura de comércio eletrónico. No que toca ganhos de vendas é provável que a empresa veja maiores dificuldades no futuro próximo para o mercado norte-americano – sendo compensada por crescimento saudável a nível internacional.

Margem de lucro da McCormick

A gigante de especiarias e aromas (NYSE: MKC) anuncia os seus resultados trimestrais antes da abertura do mercado na quinta-feira. Os últimos resultados da empresa marcaram um sólido início para o ano fiscal de 2017, com as vendas a subirem 4% depois de contabilizados os balanços cambiais. Sim, o crescimento viu-se silenciado no segmento da alimentação nos EUA mas a ampla carteira de marcas da empresa gerou ganhos em geografias como a América do Sul e Ásia que compensaram a desaceleração nos EUA. O aumento dos preços também ajudou a ampliar a receita operacional por uns saudáveis 8,2%.

Lawrence Kurzius, CEO, e a sua equipa executiva preveem ganhos de vendas para o ano inteiro entre 5% e 7%, o que implica aceleração do crescimento nos próximos trimestres. O rendimento operacional também deverá melhorar tanto como 11%, para 641 milhões de dólares. A perspetiva de longo prazo é positiva dado que a rentabilidade se encontra num recorde de cinco anos e goza de uma posição de liderança na indústria global de especiarias – projetada para crescer a uma taxa anual de 5% ao longo dos próximos cinco anos.

Volume de cerveja da Constellation Brands

Os investidores levaram as ações da Constellation Brands (NYSE: STZ) para novos recordes este ano na medida em que celebraram o crescimento de vendas no seu mercado – mais recentemente evidenciado por um aumento de 10% no volume de cerveja que ajudou a gigante de bebidas alcoólicas a registar receita 12% mais elevada no último ano. A empresa beneficia também do seu posicionamento na indústria, com preços mais elevados a gerar uma grande melhoria da margem operacional.

A carteira de cervejas, apoiada pelos franchises de alta qualidade da Corona, Modelo e Pacifico, fez toda a diferença. “O nosso segmento de cerveja continua a ser uma potência para o crescimento.” – Afirmou Rob Sands, CEO, num comunicado de imprensa no início de abril.

Sands e a sua equipa visam o crescimento de vendas entre 9% e 11% no ano fiscal de 2018 e os resultados desta semana irão fornecer dados relevantes quanto a essa previsão agressiva. A mais recente estimativa de lucro da Constellation Brands, entretanto, avança ganhos de 7,85 dólares por ação, o que poderá representar um aumento de 15% face aos resultados do ano passado.

Leia também:

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça um "gosto" a esta página para que possamos continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente