5 Formas de apostar contra a Bitcoin
George Sheldon/Shutterstock.com
Página principal Finanças, Criptomoedas, Bitcoin
Tema do momento
20 Setembro
5214 5k

Como é que um investidor absolutamente seguro de que a Bitcoin irá cair poderá vender a criptomoeda a descoberto e lucrar com isso?

Na semana passada, o CEO da J. P. Morgan considerou a Bitcoin (Bitcoin) uma “fraude”. Se concorda – e se considera a Bitcoin uma “bolha” – provavelmente acha que faz sentido apostar contra a moeda digital. Sim, o preço sofreu uma queda significativa na semana passada mas entretanto já recuperou, destacando-se que a criptomoeda cresceu exponencialmente este ano – oferecendo uma oportunidade para os bears (os pessimistas do mercado, que acreditam que a Bitcoin irá voltar a cair).

Assim, como é que um investidor absolutamente seguro de que a Bitcoin irá cair poderá vender a criptomoeda a descoberto e lucrar com isso? Não é fácil devido à inexistência de produtos financeiros para tal (em comparação com outros ativos) e porque algumas táticas se encontram restritas a investidores profissionais. Porém, há algumas possibilidades. Seguem-se cinco abordagens para que os bears possam apostar contra a mais popular moeda digital do mundo.

1) Compre em margem e venda de seguida

Plataformas de negociação como a GDAX, da Coinbase, permitem que compre em margem. Apesar das compras em margem geralmente envolverem a adição de alavancagem para detenção de uma posição longa num ativo, é também possível deter uma posição curta vendendo Bitcoin em margem e fechando a posição de compra mais tarde. Se o preço da moeda digital cair durante esse tempo o investidor lucra com a negociação.

Há algumas ressalvas, contudo. Diversas plataformas estabelecem limites mínimos de fundos em conta para negociação em margem (limites geralmente elevados). Mais: um investidor só pode deixar a sua posição em margem aberta por um período de tempo relativamente curto – 27 dias no caso da GDAX – o que significa que aqueles que apostam na queda da criptomoeda precisam que a mesma caia num curto espaço de tempo (ou terão de cobrir o aumento de preço).

2) Venda a descoberto ações do Bitcoin Investment Trust

A SEC, Comissão de Valores Mobiliários dos EUA, rejeitou este ano um requerimento dos gémeos Winklevoss para lançamento de ETF de Bitcoin. Se o ETF tivesse sido aprovado, as suas ações seriam negociadas em bolsa – permitindo que investidores comuns utilizassem as suas contas de corretagem para as vender a descoberto da mesma forma que fazem com ações comuns.

A SEC está a reconsiderar a decisão. Entretanto, a única alternativa semelhante é o Bitcoin Investment Trust (OTCMKTS: GBTC). Como o nome sugere, trata-se de um fundo que detém bitcoins e cujas ações podem ser negociadas pelos investidores (sob o ticker GBTC).

Uma vez mais há detalhes a ter em consideração. O GBTC não é elegível para negociação em grandes bolsas reguladas – está listado num mercado de balcão (OTC market). Grandes corretoras como a TD Ameritrade permitem que os investidores comprem ações listadas em OTC markets mas não permitem venda a descoberto, o que torna mais difícil apostar contra o GBTC. Por último, o preço das ações do Bitcoin Trust está desvinculado do preço da Bitcoin – logo, uma posição curta não será exatamente uma aposta contra a Bitcoin em si.

3. Compre derivados no LedgerX (quando se encontrarem disponíveis)

Investidores experientes poderão desejar avançar para o mundo das opções e outros derivados para poderem assumir uma posição bearish em relação à Bitcoin. Especificamente, poderão querer comprar uma opção de venda (put option) para vender a criptomoeda ao seu atual preço. Se o preço começar a cair, a opção irá aumentar de valor – com lucro para o seu detentor.

Estes contratos de derivados ainda não estão disponíveis – mas deverão estar em breve. Em julho, a Commodity Futures Trading Commission dos EUA aprovou o requerimento de uma empresa chamada LedgerX para a abertura de uma câmara de compensação (clearinghouse) para puts, calls e swaps de criptomoedas – para todo o tipo de contratos exóticos. A LedgerX deverá abrir em breve.

4. Peça à Goldman Sachs que lhe escreva um contrato

Foi esta a resposta de alguns capitalistas de risco à questão “Como vender Bitcoin a descoberto?” dada a atual carência de derivados e de outras estratégias de negociação comuns aplicáveis às criptomoedas. De acordo com os mesmos, o banco de investimento Goldman Sachs poderá “criar-lhe” uma posição curta no que desejar. Assim, quem acredita que a Bitcoin é uma “bolha” poderá criar um contrato personalizado para apostar nesse resultado.

5. Escolha ações que acompanhem o preço da Bitcoin – e venda-as a descoberto

Nikhil Kalghatgi, capitalista de risco e investidor em moedas digitais, acredita que o mercado de criptomoedas não progride ainda mais devido à falta de possibilidade de implantação de estratégias de cobertura de risco. Em resposta, sugere uma forma de apostar contra a Bitcoin: apostando em ações que se movimentem com o preço da Bitcoin e vendendo-as a descoberto em conformidade. Porém, afirma não poder avançar nomes concretos.

Não é o único a propor esta ideia. O blog Alphaville do Financial Times referiu recentemente as ações da fabricante de chips Nvidia, cujos produtos são amplamente populares junto de mineiros de criptomoedas, como possível solução para aqueles que procuram uma posição curta relacionada com a Bitcoin. Porém, a Nvidia fabrica produtos para todo o tipo de indústrias – logo, surge como indicador “tosco” se se considerar apenas a Bitcoin.

Conclusão: por enquanto não existe uma forma simples de investidores comuns venderem Bitcoin a descoberto. Porém, investidores com visão pessimista, que preveem (de forma determinada) um mercado com tendência baixista, podem e irão encontrar formas de o fazer – mas o mais provável é que a maioria aguarde que ETF ou derivados de Bitcoin sejam criados.

Leia também:

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça um "gosto" a esta página para que possamos continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente