Competências difíceis de aprender mas úteis para o resto da vida
Página principal Estilo de Vida

“O que deixamos para trás e o que temos à nossa frente tem muito pouca importância em comparação com o que temos dentro de nós” – Ralph Waldo Emerson

A capacidade de abrir a mente e de se esforçar por aprender é mais importante para o seu sucesso do que julga.

Nunca desista da aprendizagem ao longo da vida. A pesquisa demonstra-nos que as competências que adquire têm resultados gratificantes. Hoje mais do que nunca, um cérebro desafiado e estimulado pode ser a chave para um futuro mais entusiasmante.

Comece a dedicar mais tempo à preparação do futuro, mesmo nas alturas em que há coisas mais importantes para fazer no presente e até mesmo quando os seus esforços não têm um retorno imediato. Comece a plantar diariamente as sementes que darão frutos mais prazerosos no futuro.

«Todas as competências que adquirimos duplicam as nossas hipóteses de sermos bem-sucedidos.» – Scott Adams

Estas competências podem melhorar radicalmente a sua vida. À primeira vista podem não parecer nada do outro mundo, mas surpreender-se-á com os efeitos que podem ter sobre a sua vida e carreira, agora e para o resto da sua vida ativa.

Força mental

«A garra é uma mistura de paixão, perseverança e autodisciplina que nos permite avançar apesar dos obstáculos» – Daniel Coyle

A única pessoa que pode fazê-lo avançar é você mesmo. A garra é um traço de personalidade e uma competência. E, felizmente, pode cultivar ou fazer despontar a sua garra para lutar por aquilo que é importante para si. É uma capacidade que pode ser aprendida e praticada ao longo do tempo.

A garra está ligada à perseverança, à resiliência, à ambição e à necessidade de realização pessoal. Exige que nos esforcemos para atingir um objetivo durante períodos alargados de tempo.

Podemos desenvolver a nossa garra. A nossa reação a uma situação desafiante é mais importante do que os obstáculos que enfrentamos. Como diz Ryan Holiday, “os obstáculos são o caminho” e precisamos de garra para ultrapassarmos um obstáculo de cada vez que enfrentamos um desafio.

«A competência resulta da união das forças da experiência, do intelecto e da paixão» – John Ruskin

A capacidade de manter e atingir um objetivo ao longo de um período prolongado é um indicador importante da nossa capacidade para alcançarmos coisas importantes na vida. A garra é um indicador de talento maior do que o sucesso. Por muito talento que tenhamos, se não trabalharmos, não obteremos quaisquer resultados.

Capacidade de adaptação

«Não é a espécie mais forte que sobrevive, nem a mais inteligente, mas sim a que se adapta melhor à mudança.» – Charles Darwin

Vivemos num mundo em constante mudança, que provavelmente nunca abrandará. O que era importante ontem (por exemplo, as nossas competências, o nosso conhecimento, o nosso círculo social, etc.) provavelmente não terá qualquer importância amanhã. A mudança costumava ser lenta e progressiva; agora, é rápida, radical e imprevisível.

A capacidade de adaptação permite que nos concentremos em circunstâncias novas e tomemos as rédeas da situação. Obviamente, esta capacidade surte melhores resultados se for combinada com perspicácia, que nos dá uma nova perspetiva antes da mudança.

O crescimento depende da nossa adaptabilidade. Para se manterem relevantes, a maioria das empresas precisa que os seus colaboradores mudem ao longo do tempo.

14 Coisas que deve fazer na sua primeira semana num novo emprego

Calar o seu crítico interior

«Baixe o volume da sua voz interior negativa e substitua-a por uma voz encorajadora. Quando comete um erro, perdoe-se, aprenda com ele e siga em frente em vez de ficar obcecado por ele. É também importante não permitir que alguém se foque nos seus erros ou falhas ou espere que seja perfeito.» – Beverly Engel

De acordo com a investigação do psicólogo Ethan Kross, para conseguir a «melhor versão de si próprio» não bastam frases encorajadoras ditas ao seu reflexo no espelho.

A melhor forma de vencer a sua voz interior passa por desafiar-se. Comece a tentar, a criar, a fazer algo de que tenha medo. Se não parar de tentar, provará ao seu crítico interior que está errado.

Não pode ceder à voz que o quer deitar abaixo. Não pode desistir de si. Se não conseguir identificar o seu crítico interior nem se separar do mesmo, vai permitir que este influencie o seu comportamento e decida a direção que a sua vida toma.

Pare de procurar os seus defeitos e os defeitos de tudo o que almeja. Repare antes nas suas qualidades! Concentre-se mais no que pode correr bem do que no que pode correr mal. Quando der por si a criticar-se, seja realista em relação ao que pode, de facto, acontecer quando se concentra em cumprir aquilo que se propõe fazer em vez de ficar a pensar nisso.

Aprender a dizer “não”

Pare de dizer que sim a coisas que detesta. A vida é demasiado curta para aceitar fazer atividades e tarefas ou ir a eventos que detesta.

Dizer que sim é um martírio para a maioria das pessoas – que não sabem como dizer que não. Pare de dizer que não consegue evitá-lo. Consegue, sim. Pare de perder tempo e energia, sobretudo se trabalha por conta própria. Tem sempre escolha. Escolha com cuidado o seu trabalho e os seus projetos. Nem sempre é fácil saber se a atividade ou tarefa em questão vale a pena, claro.

Como um líder controla as suas emoções de forma eficaz

Se o trabalho que aceitar não o aperfeiçoa nem faz de si uma pessoa melhor, diga não e concentre-se em projetos que sejam mutuamente benéficos para si e para a outra parte. Encontre tarefas que lhe deem energia e alegria e dedique-se a essas. Acabará por ser uma pessoa melhor e mais feliz.

Pensamento crítico

«Pensamento crítico é ter desejo de saber mais, paciência para duvidar, gosto pela meditação, tempo para confirmar, prontidão para ponderar, cuidado para organizar e ódio por qualquer tipo de vigarice.» — Francis Bacon (1605)

É fundamental trabalharmos a nossa capacidade para conceptualizar, aplicar, analisar, sintetizar e/ou avaliar a informação obtida através da observação, da experiência, da reflexão, do raciocínio ou da comunicação.

Será também uma mais-valia para o seu empregador. Há competências desejáveis que deve desenvolver. A tomada de decisões e a resolução de problemas exigem a recolha de informação fiável, a avaliação dessa mesma informação para que os problemas sejam resolvidos e a seleção da opção mais adequada com base nos critérios e na situação.

As pessoas que conseguem analisar os problemas de uma perspetiva diferente costumam resolvê-los de forma completamente inesperada e elegante. Ao mesmo tempo, revelam a forma limitada como a maioria tinha visto o problema, que às vezes nem era problema nenhum.

6 Desvantagens de se ser extremamente inteligente

Pensar de forma criativa é inovador e mais passível de levar a novas soluções que são uma mais-valia para o local de trabalho, tornando os sistemas e procedimentos mais eficazes. Quem pensa de forma criativa oferece novas perspetivas sobre o trabalho e a empresa e será indispensável num futuro próximo.

Inteligência emocional

A inteligência emocional desempenha um papel fundamental em tudo na vida. As pessoas com um quociente de inteligência emocional elevado reagem mais depressa, são mais empáticas, boas ouvintes e conhecem-se melhor. E são craques na comunicação interpessoal.

15 Qualidades para desenvolver robustez mental

A razão pela qual a inteligência emocional é tão valorizada é muito simples: «Desempenha um papel importante em tudo», afirma A. J. Marsden, professor de Psicologia na Universidade de Beacon. Por exemplo, «na realização de tarefas, no desempenho contextualizado, nas interações com os clientes e pares» - e a lista continua.

As competências pessoais são muito importantes agora e continuarão a ser no futuro. A inteligência emocional permite-nos criar laços com os outros, compreender as suas intenções e prever as suas reações.

Há muita procura por inteligência emocional em qualquer área que fique a ganhar com a mesma – e só os seres humanos a têm. Se não é uma pessoa sociável, não é tarde de mais. Ainda vai a tempo de aprender a relacionar-se melhor com os outros. Para termos sucesso no futuro precisamos de muita diplomacia.

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça um "gosto" a esta página para que possamos continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente