8 Formas de se tornar mais atraente
Página principal Estilo de Vida

Uma compilação de dicas – com base científica – para se tornar mais atraente

O que é que torna as pessoas atraentes? E, por vezes, muito pouco atraentes?

A sensualidade é algo muito difícil de generalizar. O estado de espírito de uma pessoa, os seus valores culturais e a sua capacidade de interação com os outros contribuem radicalmente para definir quem é sensual e quem não é.

No entanto, alguns investigadores encontraram pontos comuns que parecem tornar algumas pessoas mais atraentes do que outras e podem ser úteis para nos ajudarem a pensar na forma como nos apresentamos ao mundo.

Compilámos algumas dicas científicas irresistíveis. Mas, antes de as ler, lembre-se que muita investigação psicológica é enviesada, sendo baseada em relações heterossexuais – e que vivemos num mundo onde as pessoas procuram companheiros com base no seu estatuto económico. Assim, não se sinta mal se o seu caso não estiver descrito na lista.

1. Seja divertido

O humor é muito importante, sobretudo se for um homem interessado em mulheres. Vários estudos indicam que as mulheres se sentem mais atraídas por homens que as fazem rir.

Faz sentido – rir sabe bem! – mas a vantagem é bastante desequilibrada. As mulheres que fazem os homens rir não marcam os mesmos pontos, nem de longe. Por outras palavras, os homens não prestam atenção ao facto de as mulheres os fazerem rir. Como é que é, homens?

A causa desta disparidade é alvo de especulação.

“O efeito que um bom sentido de humor tem sobre a atração sentida pela mulher pode, em parte, ser explicado pelo facto de as pessoas engraçadas serem consideradas mais sociáveis e mais inteligentes, características que as mulheres procuram num companheiro”, escreve o antropólogo Gil Greengross no website Psychology Today.

Mas, na nossa opinião, se for engraçado – independentemente do seu sexo – manter o sentido de humor não irá prejudicá-lo.

2. Rodeie-se de amigos

Já reparou que, por vezes, as bandas são sensuais, ainda que os seus membros não o sejam individualmente?

Agora já sabemos porquê. Um estudo de 2014 levado a cabo na Universidade da Califórnia, em San Diego, descobriu que as pessoas parecem quase sempre mais atraentes em grupo.

O escritor James Hamblin fez um bom trabalho para a revista The Atlantic em que explora este efeito engraçado. Provavelmente isto acontece porque os nossos cérebros processam as caras de um grupo todas juntas, fazendo com que cada uma delas nos pareça mais “mediana” – e consequentemente mais atraente.

“Ter alguns amigos que o ajudem pode ser uma boa estratégia de engate, sobretudo se as suas caras complementam e nivelam as suas características menos atraentes”, concluem no seu estudo os autores Drew Walker e Edward Vul.

Não me debruçaria muito sobre a questão de os seus amigos nivelarem ou não as suas características menos atraentes, mas sair com eles é um bom conselho.

3. Deixe-se de conversa fiada

Perguntar “Quantos irmãos é que tens?” não é uma boa forma de começar o primeiro encontro, por isso pondere guardar as perguntas básicas para mais tarde.

Num estudo de 1997, o psicólogo Arthur Aron, da Universidade Estadual de Nova Iorque, separou dois grupos de pessoas e emparelhou-as, dando-lhes 45 minutos para responderem a um conjunto de perguntas.

Um dos conjuntos tinha perguntas de conversa fiada e o outro tinha questões mais profundas. As pessoas que fizeram as perguntas mais profundas sentiram-se mais ligadas, tendo havido um casal que se apaixonou.

De acordo com uma pesquisa da Universidade de Harvard, falar sobre si mesmo estimula as mesmas áreas do cérebro que ativamos com o sexo ou com uma boa refeição. O que não significa que seja o mesmo que ter sexo ou comer uma boa refeição. Mas dá-lhe felicidade e, se deixar uma pessoa de quem gosta falar sobre ela própria de forma profunda, ela ficará feliz.

4. Tenha uma postura aberta

Vários investigadores demonstraram que posturas abertas e confiantes o tornam mais atraente numa primeira impressão. E tente ter uma postura confortável – isso também ajuda (continua a ser um bom conselho, mesmo que não se trate de um encontro romântico).

5. Seja um líder

A maioria das pessoas sente-se atraída pelo poder.

Um estudo de 2014 revelou que os membros de um grupo consideram o líder mais atraente do que as pessoas que estão fora do grupo. Por exemplo, o diretor executivo de uma empresa pode ser mais atraente aos olhos dos funcionários do que aos das pessoas exteriores à empresa.

“Ao contrário do que nos indicam as pesquisas tradicionais, que veem a atratividade como um traço imutável, as nossas descobertas destacam a importância de pertencer a um grupo enquanto lente que nos mostra a atratividade dos líderes que nos são familiares”, concluem o principal autor, Kevin Kniffin, e os seus colegas.

6. Sorria mais

Dizer às pessoas para sorrirem mais é muito irritante. Sobretudo às mulheres, já que lhes dizem demasiadas vezes para fazê-lo.

Contudo, em duas experiências, um grupo de investigadores suíços analisou a relação entre a atratividade e o sorriso. Descobriram que, quanto mais intenso for o sorriso, mais atraente se torna uma cara. De facto, uma expressão facial feliz compensa uma ligeira falta de atratividade.

Em conclusão, na nossa vida quotidiana, tenha a expressão que lhe apetecer. Mas, se pretender conquistar alguém, não custa tentar sorrir-lhe frequentemente.

7. Seja simpático

Gostamos desta, pois também é senso comum.

Um estudo de 2014 realizado com 120 pessoas demonstrou que, quando ouvimos falar bem de alguém, temos tendência para achá-lo mais atraente.

“As características da personalidade de alguém podem estar relacionadas com a sua atratividade física, já que uma personalidade atraente pode promover a atratividade facial, enquanto as características negativas podem reduzir a atratividade”, afirmam os autores Yan Zhang, Fanchang Kong, Yanli Zhong e Hui Kou.

Portanto, se gosta de uma pessoa, seja simpático para ela. Seja, aliás, simpático mesmo para as pessoas de quem não gosta. Isso torná-lo-á mais atraente para as pessoas de quem gosta e fará do mundo um lugar melhor.

8. Seja você mesmo

A verdade é que não há uma forma certa de ser mais atraente.

Sublinhamos este ponto: um estudo de 2015 descobriu que o fator mais importante para determinar as caras que achamos atraentes é o ambiente – as experiências e as preferências adquiridas que fazem com que se goste de barbas ruivas e umbigos protuberantes – e não os nossos genes. O mesmo se aplica à forma como as pessoas nos veem.

Lembre-se também que um estudo de 2016 realizado com mais de 3000 pessoas sugere que as pessoas se sentem mais atraídas pelas semelhanças e não pelas diferenças no início de uma relação – por isso, não é boa ideia fazer-se passar por alguém que não é.

Há quem adore as suas tatuagens e piercings e quem não goste delas. Talvez seja carrancudo – não há problema. Há por aí alguém que o vai achar atraente.

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça um "gosto" a esta página para que possamos continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente