Produtividade: os segredos de Mark Zuckerberg, Bill Gates e Elon Musk
Página principal Estilo de Vida

Conheça algumas das pouco ortodoxas técnicas usadas por três referências do mundo empresarial

Os líderes das maiores empresas do mundo estão sempre à procura de formas de ocupar o tempo e parecem ter todos chegado à mesma conclusão: trabalho.

Abordam as respetivas metas com a intensidade de uma ideia fixa e nenhum trabalha menos de 70 horas por semana, incluindo fins de semana, mesmo se à custa de aspetos da vida prezados pela maioria.

Todavia, uma ideia sólida, determinação em ser o melhor e uma ética de trabalho sobre humana compensam: Mark Zuckerberg, Bill Gates e Elon Musk estão entre as personalidades mais ricas do mundo e, além disso, são responsáveis por tecnologias que já mudaram, ou têm capacidade para mudar, a sociedade de forma irreversível.

Cada um, para conseguir gerir o próprio tempo, acabou por desenvolver estratégias e mecanismos de apoio.

De vestir a mesma t-shirt cinzenta todos os dias, a esconder-se numa floresta para conseguir fazer face a resmas de papel, eis algumas das pouco ortodoxas técnicas usadas por estes três homens de topo.

Mark Zuckerberg e a sua cruzada pela simplicidade

Já muito se escreveu sobre as t-shirts cinzentas e camisolas de capuz que fazem uniforme de trabalho semanal de Zuckerberg – ajudam-no a concentrar-se no que importa e a perder o mínimo tempo possível a escolher o que vestir todos os dias – mas pouco se fala sobre como essa simplicidade se estende a outras áreas da sua vida.

O menino prodígio feito milionário de 31 anos, CEO da Facebook, chega à sede da empresa não num Audi como congéneres de outras empresas, mas num modesto Acura preto.

A história da ascensão do Facebook em 33 fotografias
A história da ascensão do Facebook em 33 fotografias

Sendo certo que acaba de comprar as três propriedades que rodeiam a sua residência em Palo Alto, é sabido que mantém a casa (situada a meia dúzia de quarteirões do escritório, onde supostamente trabalha até 15 horas por dia) sóbria. Ao eliminar muitas das veleidades a que tem acesso, o principal foco continua a ser o trabalho.

Numa sessão de Q&A (perguntas e respostas), na sede o ano passado, disse:

“Não sinto estar a fazer o meu trabalho se perco tempo com coisas quotidianas absurdas ou supérfluas. Quero poder dedicar toda a minha energia a desenvolver os melhores produtos e serviços.”

Como Bill Gates mantém o email, a vida e as leituras em dia

Num post de 2006, Bill Gates – então presidente, CEO e principal arquiteto de software da Microsoft – partilhou como faz frente à caixa de email com um truque simples – um ambiente de trabalho maior, com três monitores.

Na altura tinha de gerir mais de 100 emails por dia. Com todo o trabalho de beneficiência enquanto copresidente da Bill and Melinda Gates Foundation, ativismo social e sempre consultor técnico da Microsoft, facilmente se imagina como esse número terá aumentado.

Com um monitor a dar conta das mensagens que chegam, um focado no email em mãos e outro como ambiente de trabalho corrente, consegue executar várias tarefas sem perder nenhuma de vista. Ao concentrar-se no trabalho, um email de cada vez no monitor central, Gates dá a cada mensagem o tempo e atenção que merecem. Isto é algo que todo o jovem empresário pode adotar.

7 Citações de Bill Gates de leitura obrigatória
7 Citações de Bill Gates de leitura obrigatória

O executivo passa todos os anos uma semana, a ThinkWeek, numa cabana na floresta, munido de pilhas de documentos e livros, para “desligar” completamente. Ao abster-se de qualquer forma de distração, consegue recuperar um ano de leitura e contemplação numa semana. Desenvolve estratégias, avalia cuidadosamente as empresas e entidades parceiras e revê o ano transato. Essa semana ajuda o empresário a atingir a produtividade máxima.

Elon Musk leva o multitasking ao extremo

Com três títulos executivos (CEO da SpaceX, CEO da Tesla Motors e presidente da SolarCity), cinco filhos e uma ambição – do outro mundo de facto – no que toca o futuro da tecnologia, é difícil imaginar onde é que o empresário de 44 anos encaixa as seis horas e meia de sono médias que diz gozar por noite.

O escritor Max Chafkin notou:

“Para chegar ao fim do dia, Musk depende de dois estimulantes: cafeína e o desejo de ajudar a humanidade a colonizar Marte”.

O empresário, que divide a sua semana entre a SpaceX e a Tesla Motors, também aperfeiçoou a arte do multitasking: envia emails enquanto digitaliza faturas, tem reuniões e gere operações ao telefone ao mesmo tempo e até envia mensagens com os filhos ao colo (uma confissão que recebeu a crítica do público).

Apesar de não passar oficialmente mais de 15 horas no escritório, o próprio já disse nunca parar de trabalhar. Dada a tamanha responsabilidade 24 horas por dia, é compreensível que a forma mais eficiente de poupar tempo seja fazer tudo em simultâneo.

Poucos entre nós têm o desejo de trabalhar 15 horas por dia, ou de gerir empresas multimilionárias. Contudo, conseguir fazer mais em menos tempo permite ganhar tempo para o que realmente interessa.

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça um "gosto" a esta página para que possamos continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente