Mercados financeiros: mais vulneráveis que antes da crise de 2008
Jim Young/Reuters
Página principal Opinião, Mercado dos EUA, EUA

A opinião de Bill Gross, gestor de fundo de obrigações avaliado em 2 mil milhões de dólares

Bill Gross, gestor do fundo de obrigações Janus Henderson Global Unconstrained, avaliado em 2 mil milhões de dólares, avançou que os mercados financeiros se encontram no mais elevado nível de risco desde antes da crise financeira de 2008 – na medida em que os investidores estão a pagar um preço elevado pelos riscos que estão a tomar.

“Em vez de comprarmos em baixa e vendermos em alta, estamos a comprar em alta e a fazer figas.” – Afirmou Gross, ontem, na cimeira Bloomberg Invest em Nova Iorque.

As políticas da Reserva Federal dos EUA – de baixas ou negativas taxas de juro – estão a aumentar, de forma artificial, o preço dos ativos enquanto criam pouco crescimento na economia real e punem indivíduos, bancos e empresas de seguros, de acordo com Gross.

“O dinheiro está a ser injetado no sistema mas dá menos que nada. Os investidores procuram refúgio não só em obrigações com baixo rendimento mas também em ações sobrevalorizadas.” – Avançou à Bloomberg TV.

Gross completou, ainda, que no atual ambiente:

“(...) Basicamente digam aos investidores que o mundo mudou, que os retornos vão ser menores e que se quiserem dormir à noite devem aceitar o mercado como ele é. A baixa volatilidade representa retornos mais baixos.”

Leia também:

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça um "gosto" a esta página para que possamos continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente