Tudo o que precisa de saber sobre a mineração de bitcoins na nuvem
Página principal Tutoriais, Criptomoedas, Mineração
Tema do momento
12 Julho
20556 20k

A mineração de bitcoins na nuvem, ou hashing na nuvem, permite que se ganhem bitcoins sem hardware ou software de mineração de bitcoins – e sem despesas com eletricidade, entre outras regalias. Possibilita a aquisição de capacidade de mineração de bitcoins em centros de dados remotos. Dessa forma, toda a mineração de bitcoins é realizada de forma remota, na nuvem. Tal elimina problemas encontrados aquando da mineração de bitcoins – como problemas com instalações e manutenção – bem como algumas despesas.

Como funciona a mineração na nuvem?

A mineração na nuvem é realmente útil para aqueles que não são peritos em tecnologia ou não querem utilizar o seu próprio software ou hardware.

Se a eletricidade também tiver um custo elevado então é boa ideia procurar outsourcing da mineração num local onde a eletricidade seja mais barata.

Em primeiro lugar deve determinar que fornecedor pretende.

Depois, deve determinar que acordo pretende – se um contrato de 500GH ou de 1000GH – e por quanto tempo. A maioria dos contratos tem a duração de um ano. No entanto, é variável. Há fornecedoras que oferecem contratos de duração mais curta ou mais longa, para Bitcoin ou Litecoin – contratos entre 6 e 24 meses.

Tudo o que precisa de fazer será pagar o custo inicial, tanto em BTC como em dólares. As fornecedoras tomam conta de tudo – e receberá um fluxo regular de BTC na sua carteira pessoal.

Algumas fornecedoras de contratos de mineração cobram taxas ao longo da duração do contrato, além do pagamento inicial, o que poderá distorcer as métricas de retornos. Mais: por vezes as fornecedoras de contratos de mineração podem desaparecer ou surgir como fraude total. É por isso que convém consultar uma base de dados para analisar a fiabilidade das mesmas.

Quais as vantagens da mineração de bitcoins na nuvem?

  • Não tem de lidar com o sobreaquecimento do equipamento...
  • ... Nem com ventoinhas a zumbir
  • Não vê as suas despesas com eletricidade a aumentar
  • Não tem de se preocupar com a venda de equipamento quando a mineração de bitcoins já não for rentável
  • Não tem de adquirir hardware para mineração de bitcoins

E quais as desvantagens?

  • FRAUDE!!!
  • Operações não verificáveis – mecanismos opacos – das fornecedoras
  • Ausência de diversão – caso goste de criar os seus próprios sistemas de hashing de bitcoins
  • Lucros mais baixos – na medida em que as operadoras de mineração de bitcoins na nuvem têm despesas a cobrir
  • Possível suspensão de operações ou de pagamentos se o preço das criptomoedas for demasiado baixo
  • Ausência de posse de hardware de mineração de bitcoins
  • Incapacidade para alterar o software utilizado para a mineração de bitcoins

Riscos vs. Recompensas

O envolvimento em qualquer tipo de mineração de criptomoedas acarreta riscos – mas há também recompensas, lucro, se tomar as decisões certas.

É provável que conclua que alguns serviços de mineração na nuvem apenas serão rentáveis por alguns meses – à medida que o nível de dificuldade aumenta, é provável que comece a ser alvo de perdas em quatro a seis meses.

Uma possível solução para esta situação: reinvestir o que alcançou na manutenção de uma taxa de hash competitiva – mas será algo altamente especulativo.

Como mencionado anteriormente, o risco de fraude e de má gestão é bastante comum na mineração na nuvem. Os investidores apenas devem investir se se sentirem confortáveis com estes riscos – nunca invista mais do que aquilo que está disposto a perder.

Pesquise na internet, fale com clientes de fornecedoras e coloque questões sobre as mesmas antes de investir. Em última análise, deverá praticar o mesmo tipo de diligências que tomaria para qualquer investimento.

A mineração na nuvem é rentável?

Isso depende de um número de fatores – que contribuem para o retorno sobre o investimento ou ROI. O custo é um fator óbvio, sendo por isso que os critérios de rating giram bastante em torno do preço. As taxas de manutenção também – cobrem custos com eletricidade, alojamento e manutenção do hardware e podem consumir uma grande parte dos lucros. Assim, com tudo o resto igual, estes dois fatores são o mais importante a considerar quando se determina a rentabilidade.

Porém, a reputação e o histórico de uma empresa são também incrivelmente importantes devido à prevalência de esquemas de ponzi e de falências no espaço de mineração de bitcoins. O retorno (sobre o investimento) pode tornar-se impossível se o seu contrato de 5 anos terminar passados 2 meses. Por último, a rentabilidade resume-se a dois fatores que nenhuma empresa pode prever ou controlar: (i) O preço da Bitcoin tem flutuado amplamente. Assim, ao comprar um contrato de mineração, o melhor será assumir um preço constante para a Bitcoin, sendo que a alternativa será apenas comprar Bitcoin e mantê-la, à espera que o preço aumente; (ii) A dificuldade da rede de Bitcoin – que é determinada pela taxa de hash global, que aumentou de forma exponencial até ao final de 2014, quando começou a estagnar. Irá a estagnação continuar? Tal dependerá do preço da Bitcoin, bem como de inovações no desenvolvimento de ASIC.

Leia também:

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça um "gosto" a esta página para que possamos continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente